VYRIDIANA DOS DESAFORTUNADOS



VYRI


Sinopse

A peça é uma transcriação do filme Viridiana de Buñuel. Uma espécie de trama engaiolada a um espaço múltiplo, composto por índices de uma casa e do vácuo-político administrado nas vias públicas.

Móveis que andam conjugam a imobilidade prosaica de seu cotidiano, acrescidos à fantasia presente nos filmes de terror. O deslizar dos móveis indica uma tensão, que disputa o lugar de repouso dos espaços caracterizados pelo conservadorismo. Este espaço imóvel das relações patriarcais se confronta com a presença/ocupação de mendigos e vagabundos, trazidos para dentro da casa paterna pela filha Vyridiana: uma espécie de noviça que tenta arbitrar a distribuição das dádivas de sua cornucópia. Ao violar a fronteira entre nobiliarquia e marginalidade, precisa mediar e conciliar elementos socialmente conflituosos. Um quiprocó entre caridade e justiça social. O surrealismo presente abre um espaço de liberdade entre as determinações de classe e as possibilidades de escolha subjetiva, inserindo-se em uma plataforma onírica no jogo de xadrez das posições frente às tensões sociais.





Ficha Técnica

Realização:Cia Antropofágica

Dramaturgia:Rogerio Guarapiran e Thiago Reis Vasconcelos

Direção: Thiago Reis Vasconcelos

Elenco: Adonis Rossato, Alessandra Queiroz, Alex Rabello, Andrews Sanches, Danilo Santos, Deborah Hathner, Fabi Ribeiro, Flávia Ulhôa, Giovanna Perasso, José Abrão, Karina Pêra, Martha Guijarro, Rafael Frederico, Raphael Graciola, Renata Adrianna, Ruth Melchior e Suelen Moreira.

Atrizes Pesquisadoras:Amanda Freire, Débora xavier e Maristela Rodrigues

Musicos: Bruno Miotto, Bruno Mota, Danilo Agostinho e Lucas Vasconcelos

Operação de Luz: Rafael Frederico

Cenografia: Companhia Antropofágica

Figurino: Alfredo de Sá e Ruth Melchior

Treinamento Atuação Realista como Ferramenta Épica: Renan Rovida

Treinamento Bufão: Pedro Pires

Produção: Flávia Ulhôa, Maria Tereza Urias e Ruth Melchior

Iluminação: Rafael Frederico e Renata Adrianna

Design Gráfico: Alan Siqueira

Registro Fotográfico: Alan Siqueira e Clayton Lima

Registro Audiovisual: Alan Siqueira, Clayton Lima e Haroldo Stein





vyri