NÚCLEO DE MÚSICA



NÚCLEO DE MÚSICA

Como parte fundamental e indissociável dos trabalhos da Antropofágica, a música apresenta-se desde os primeiros trabalhos do grupo como elemento constitutivo de nossa estética, exercendo papéis diversos em cada um dos processos criativos do grupo: elemento ritual, complemento narrativo, partituração cênica e até disparador primário de ações para a criação teatral. Esse intenso diálogo entre a música e o teatro levanta a necessidade de uma investigação permanente da linguagem musical, cujas especificidades levaram à configuração do Núcleo de Música, núcleo orgânico e permanente da Antropofágica, composto por músicos profissionais que participam diretamente durante todo o trabalho de criação.

A pesquisa poético-musical do Núcleo de Música relaciona-se de maneiras diversas aos processos de investigação da Antropofágica. A variedade e o hibridismo das temáticas criam e transformam constantemente a bagagem musical do grupo.

A relação musical mais direta entre os diferentes núcleos (Música, ATP e PY) se estabelece através de trabalhos formativos, que visam um equilíbrio entre atender as demandas imediatas trazidas pelos processos de criação e ampliar o domínio coletivo da linguagem musical, levando em conta os diversos desdobramentos possíveis da música quando operada em conjunto com o discurso teatral.

través de treinamentos, ensaios e audições, buscamos ao longo dos anos desenvolver no ator uma escuta consciente, capaz de reconhecer a música como ferramenta propositiva tanto para os atores quanto para os próprios músicos. Tais trabalhos formativos têm contribuído no desenvolvimento de uma musicalidade característica do coletivo, permitindo a utilização cada vez mais flexível da música como elemento estrutural da cena.

Também julgamos imprescindível a realização de trabalhos puramente musicais, nos quais o Núcleo de Música consiga explorar características próprias e específicas de sua linguagem. Realizando pesquisas independentes no campo da interpretação, composição, pedagogia musical, etc., o núcleo amplia suas possibilidades criativas, o que reverbera direta e indiretamente em sua relação com os demais núcleos.

Para além das relações estabelecidas dentro da própria Antropofágica, o Núcleo de Música realiza frequentes compartilhamentos com outros grupos da cidade de São Paulo (Dolores Boca Aberta, Estudo de Cena, Cia do Feijão, Brava Cia., etc), a fim de refletir coletivamente sobre as diferentes formas de produção musical no teatro.